Sufixo "-ismo"

Designed by Freepik
Cristianismo, rotacismo, homossexualismo, bruxismo, hibridismo e alcoolismo têm uma coisa em comum, o sufixo -ismo e, assim como o -ista, algumas categorias compartilham um mesmo sufixo. Por exemplo, os sufixos -mente indicam advérbio de modo, logo calmamente e paulatinamente têm em comum o fato de serem advérbios; cristianismo e judaísmo têm em comum o fato de se referirem a religiões, mas rotacísmo e homossexualismo não têm nenhuma relação mesmo compartilhando um mesmo sufixo.
Este sufixo possui ao menos seis possibilidades de significado: Fenômeno Linguístico, Sistema Político, Religião, Doença, Esporte, Ideologia, entre outros. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o fato de ter um mesmo morfema não garante que haja uma mesma interpretação da palavra em si.

Feijoada à minha moda - Poemas Alheios

SXC - Freepik
Feijoada à Minha Moda
Vinicius de Moraes

Amiga Helena Sangirardi
Conforme um dia prometi
Onde, confesso que esqueci
E embora — perdoe — tão tarde


(Melhor do que nunca!) este poeta
Segundo manda a boa ética
Envia-lhe a receita (poética)
De sua feijoada completa.


O "X" como morfema de gênero. Está certo ou errado?

Dentre os vários morfemas que compõem os substantivos e adjetivos, o morfema de gênero é aquele que mais vem causando polêmicas nos últimos anos. Há duas observações possíveis para esse assunto: uma linguística e outra sociocultural.

Hino à Bandeira Nacional - Observações

Fonte: sportv.globo.com
Nada é mais emblemático que um hino. Com certeza, 99% dos brasileiros conhecem o hino da República federativa do Brasil, o Hino Nacional Brasileiro. Mas poucos sabem que a Bandeira Nacional também tem um hino muito bonito, não só a letra como a música são belíssimas.

Como aprender um segundo idioma?

FreeImages.com/ dog madic
Pense naquela música que estão cantando em inglês, mas você traduz para Sânscrito em tempo real... Sabe aquela frase em francês que você pronuncia muito bem em espanhol? Ou naquele evento de desenho japonês que você viu um monte de rabiscos e ficou querendo uma tatuagem com algum símbolo daqueles?
Não seria muito mais fácil se você realmente entendesse o que é aquele monte de palavras/símbolos que você acha que sabe?

O que é Língua Materna?

FreeImages.com/ José A. Warletta
Você sabe diferenciar os conceitos de Língua Materna (L1), Segunda Língua e Língua Estrangeira (L2)? Atualmente, por conta da globalização, não é raro vermos um casal de nacionalidades diferentes criando seus filhos em um terceiro país.
Spinassé (2006) apresentou um exemplo muito pertinente a respeito desse problema:


Fobias e algumas implicações

Fonte: 
hand_SRB 1
art SRBichara
Fobia ou Phobia (do grego Φόβος, "medo"), em linguagem comum, é o temor ou aversão exagerada a situações, objetos, animais ou lugares. Na mitologia grega Phóbos era o filho de Ares (deus da gerra) com Afrodite (deusa do amor), ele era irmão de Deimos (deus o pânico, pavor) de Harmonia (deusa da harmonia). Sua figura está associada ao medo e o temor que acompanha Ares nos campos de batalha, sua presença imobilizava os inimigos nas batalhas.
Durante muito tempo, fobia foi tida como doença psicopatológica fazendo parte do espectro dos transtornos de ansiedade com a característica especial de só se manifestar em situações particulares. Clique aqui para ver uma lista de A a Z com algumas das principais fobias.



Fobias de A a Z

Essa é um "pequena" lista com as principais fobias:

A
Abissofobia — medo de abismos, precipícios;
Ablepsifobia — medo de ficar cego;
Ablutofobia — medo de tomar banho;
Acarofobia — medo de ter a pele infestada por pequenos organismos (ácaros);
Acerofobia — medo a produtos ácidos;
Acluofobia — medo ou horror exagerado à escuridão;
Acrofobia — medo de altura;
Acusticofobia — medo relacionado aos ruídos de alta intensidade;
Aeroacrofobia — medo de lugar aberto e alto;
Aerodromofobia — medo de viagens aéreas;
Aerofobia — medo de ventos, engolir ar ou aspirar substâncias tóxicas;
Aeronausifobia — medo de vomitar (quando viaja de avião);
Afobia — medo da falta de fobias;
Agliofobia — medo de sentir dor, sinônimo de algofobia;
Afefobia — medo de ser tocado;
Agorafobia — medo de lugares abertos, de estar na multidão, lugares públicos ou deixar lugar seguro;

Análise Sintática

A análise sintática examina a estrutura do período e suas orações. Na análise sintática, deve-se atentar para três macrocategorias: 
1-Termos essenciais; 2-Termos integrantes; 3-Termos acessórios.

A Língua Portuguesa

“Era uma vez, um pedacinho no meio do nada”, ou melhor, na beira do nada.
Península Ibérica, século III d.C., o domínio romano no mundo (entenda-se como Europa e Norte da África) começou a se estender em direção ao Oceano Atlântico e mais uma região é anexada ao Império. No século V, o Império do Oeste começa a ruir por invasões bárbaras e sua dominação política e militar se enfraquece gradativamente nas extremidades do grande Império Romano do Ocidente.

Postagens populares